O Museu

O Museu do Ouro de Travassos foi inaugurado no dia 3 de Março de 2001 e surge como resultado de um processo de valorização e de dignificação do trabalho artesanal do ouro. O projecto do Museu do Ouro remonta aos anos oitenta, mas assumiu uma forma mais activa a partir de 1993.

Desde então, tem vindo a promover uma série de actividades, como exposições, edições de brochuras, visitas guiadas e trabalho com escolas do concelho da Póvoa de Lanhoso. A abertura ao público do Museu do Ouro, em Travassos, prende-se com o facto de esta freguesia ter ainda um número significativo de oficinas artesanais em funcionamento e vestígios arquitectónicos de muitas outras.

Para além de musealizar, dinamizar as oficinas ainda em laboração e colaborar na recuperação das que se encontram em ruínas, o Museu do Ouro pretende tornar-se uma instituição activa, ao  serviço da comunidade que lhe deu origem, e nela criando um polo dinamizador da região e do respectivo saber tradicional, dirigido a uma ampla região e a públicos diversificados.

A ideia da criação de um museu do ouro resulta dos esforços de um ourives — Francisco de Carvalho e Sousa - que, ao longo de 50 anos de actividade, foi recolhendo espólio e documentação.

Galerias

Documentário

Exposições

Contactos

Rua de Aldeia de Baixo, 263, 4830-771 | Travassos, PVL

41.572931, -8.201694

+351 253 943 790

+351 926 508 360